Conversas

Como foi fazer o Enem depois de todo esse tempo…

Neste último final de semana (26 e 27 de Outubro) ocorreu o Enem 2013. Uma prova como sempre marcada por pessoas atrasadas, questões anuladas, pessoas desclassificadas por postarem fotos, choro gritaria e  muitos jovens (ou nem tão jovens assim) buscando as melhores notas para garantir o seu futuro.

Eu não fazia o Enem desde 2009 (na qual fui muito bem por sinal), ou seja nunca havia feito este novo modelo de provas separado por dia e matérias misturadas as suas respectivas “tecnologias” e a famigerada redação. Não obstante me formei recentemente e não via aquelas matérias a bastante tempo e preciso pensar na próxima faculdade ou pós…

Ai pensei “Ah vamos ver qual é a dessa prova”. Bom cheguei a uma conclusão:

O segredo é calma.

Sério, mesmo sem ter estudado para a prova acertei uma boa quantidade das questões e estar com a mente tranquila foi uma parte tranquila do processo. Calma ai que não to mandando ninguém ligas o “Foda-se” e fazer a prova de qualquer jeito, só estou querendo dizer que seu nervosismo irá com certeza fazer você errar questões que você fez mais de mil vezes no Cursinho, colégio ou nas madrugadas de estudo.

Sabe a famigerada questão do Nanokid? Pois bem ele virou Meme, e sinceramente era uma questão fácil! Mas conheço pessoas bem inteligentes que erram por nervosismo. E sim eu também fiquei rabiscando o meu Nanokid na prova dei até uma gravatinha pra ele.

Falemos agora da redação. Vou te falar, tanta coisa mais importante acontecendo no mundo, no brasil, no Universo, na minha casa Mas eles vão me propor escrever sobre a lei seca. Confesso que na hora fiquei realmente com um gosto amargo na boa, não por ser um tema difícil de dissertar, mas sim por me parecer um tema politico demais de certo modo, no qual  era bastante arriscado você ir contra a lei (e não queremos arriscar um ano de estudos e zerar na redação não é mesmo?) por melhor que seja a sua argumentação.

Bom de modo geral sei que com mais preparação teria ido muito melhor na prova, mas acredito que pra uma pessoa que não fazia a prova a anos fui bem e me sinto feliz com o resultado. E o principal, mesmo com todas as confusões do Enem, de seu método de notas estranho e das questões bizarras (sério teve umas que deu vontade de rir) achei muito edificante para a prova, e para todos os candidatos, a variedade etária dentro das salas, na minha havia um senhor de uns 70 anos.

É uma prova razoavelmente difícil porém muito interessante de ser feita, nem que seja para entender melhor as discussões por trás dessa preciosa avaliação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s